Blog

Post

Desorganização: estratégias para se livrar da bagunça sem se estressar

bagunça e desorganização

Método para se ver livre da desorganização — a partir de agora!


A desorganização impera em sua vida?

Está cada vez mais difícil enxergar uma luz no fim do túnel — porque a bagunça não deixa?

O tom pode ser de piada, mas quem vive em meio ao caos sabe: muitas vezes, ele realmente traz a sensação de impotência.

Aquelas dicas de organização que tantos distribuem são inspiradoras.

Dá vontade de colocá-las em prática!

Mas quando a desordem se torna um hábito… é complicado operar no sentido oposto.

Na verdade, o que falta ao desordeiro não são referências de locais arrumados e organizações impecáveis.

O que falta é o método para chegar até esse resultado.

E como encontrar um método para pessoas não metódicas?

É complicado ensinar técnicas para pessoas com desorganização crônica, pois seus objetivos são muito altos. Suas metas parecerem impossíveis de atingir.

Então, desanimam, já que o esforço necessário à mudança soa descomunal.

Mas hoje vamos desafiar esse entendimento.

Continue lendo e verifique como.

1. Desorganização e procrastinação

Procrastinação leva à desorganização — e vice-versa.

Ter esse raciocínio em mente é útil, pois significa que dicas para evitar a procrastinação também funcionam para casos de desorganização.

Um dos elementos em comum entre procrastinação e desorganização é o “deixar para depois”.

Mas o “depois” idealizado — repleto de fôlego, paciência e destreza — não chega.

As opções são desistir (e continuar adiando o trabalho) ou fazer algo absolutamente banal, que pouco modifica o cenário da bagunça.

Então, qual a saída?

Regra do mínimo esforço

Exatamente: valorize essa coisa “absolutamente banal” que está ao seu alcance realizar.

É por ela — e não por acúmulos de anos — que você deve começar.

Saiba que nosso cérebro gosta de poupar energia. Ele nos faz evitar aquilo que demanda muito empenho de pensamento.

Claro, quando se trata de algo que nos interessa, que fazemos com prazer, a situação é outra.

Mas, convenhamos, quem olha para sua própria desorganização não está mirando um objetivo reconfortante.

Geralmente o cenário é confuso e angustiante.

Então, respeite seu cérebro e economize energia.

Escolha coisas mínimas, que podem ser resolvidas rapidamente, como se o seu intuito fosse de apenas iniciar a arrumação e não concluí-la.

Por que a estratégia funciona?

Porque ela irá auxiliar em 5 pontos que são dificuldades comuns de pessoas desorganizadas (e procrastinadoras):

  1. foco delimitado (saber exatamente para onde olhar);
  2. objetivo específico e tangível (a ideia de início — e fim — se torna concreta, diferente de quando se olha para a bagunça como um todo);
  3. recorte temporário (pequenas desordens são rápidas de solucionar, não implicam grandes ajustes na agenda);
  4. conclusão de tarefas (com sensação de satisfação pela pequena — mas real — mudança);
  5. percepção de que a organização se dá, literalmente, um passo de cada vez.

2. Desorganização e tempo

A gerência do tempo é um dos maiores empecilhos de quem vive em desorganização.

Como não há um perfeito itinerário detalhado numa agenda, as horas nunca parecem suficientes.

A sensação é de estar sempre muito ocupado, sobrecarregado e, lógico, cansado demais para dar ordem a algo que, supostamente, pode esperar mais um pouco.

Qual a solução para esse impasse?

Experimente esta técnica:

15 minutos de faxina

Dedicar 2 horas para uma empreitada de organização pode representar um luxo para você.

Mas 15 minutos soa diferente.

É mais realista e viável.

A dica é estabelecer esse tempo como meta diária para um “exercício de faxina” — em qualquer ponto que esteja avolumando sujeira em sua rotina.

Pode ser a bagunça na mesa de trabalho, em seus emails, na lavanderia, na pia de louças… Ou no seu campo de visão mais imediato.

O procedimento é simples:

  • Limpe e organize, por 15 minutos.
  • Use um timer para marcar o tempo.
  • Faça no seu ritmo. Com a prática, os 15 minutos passam a ser cada vez mais produtivos — e “indolores”.

3. Desorganização e acúmulos

Desorganização crônica e acúmulos
Qual a relação entre desorganização e saúde mental? Descubra neste texto.

Desorganização pressupõe excessos. Tanto de compromissos quanto de objetos.

A chave para se livrar dessas duas fontes de acúmulos pode ser resumida numa habilidade:

Aprenda a dizer não

Avalie se os seguintes comportamentos são comuns em seu dia a dia — e comece a dizer mais “nãos” quando os perceber:

Perfeccionismo

Por não acreditar que outras pessoas possam ajudar em certas tarefas, há centralização de diversas funções.

Resultado: sobrecarga inadministrável, que exige tempo e disposição que extrapolam a realidade.

É difícil abandonar o perfeccionismo, mas tente exercitar a sabedoria popular do “feito é melhor que perfeito” sempre que tiver a oportunidade.

Delegue responsabilidades.

Seu horizonte de atuação ficará menos tumultuado.

Apego

Quantos itens inúteis ocupam espaço em sua casa, local de trabalho, carro ou bolsa?

Eles permanecem porque você se acostuma eles. Se tornam familiares.

E quanto mais as coisas demoram a sair, mais significado assumem.

Há pessoas que se apegam, sem perceber, a:

  • objetos danificados — que, definitivamente, não serão consertados;
  • papéis, que poderiam ser digitalizados;
  • roupas que já não expressam sua personalidade;
  • produtos fora do prazo de validade;
  • rotinas antigas, que não funcionam mais.

Para se ver livre desse hábito, é preciso dizer não à permanência.

Comece pelos itens mais fáceis de descartar.

O horizonte de organização o deixará motivado a prosseguir.

Culpa ou medo de causar má impressão

Você já pensou que sua desorganização crônica pode ser resultado de uma percepção exagerada?

Você acumula coisas a fazer e resolver, porque considera que é sua obrigação aceitá-las.

Mas será que todos esses acréscimos são tão urgentes? Só você pode resolvê-los? Não há espaço para negociação de prazos — mais sensatos à sua realidade?

Encontre e respeite seus limites.

Dizer não é humano e liberta de excessos.

Não assuma responsabilidades extras por medo de parecer grosseiro, improdutivo ou indiferente.

Se quiser ajudar, mostre soluções alternativas.

Estratégias extras: dicas rápidas para se livrar da desorganização

1. Mantenha uma direção específica ao arrumar as coisas (da esquerda para a direita e de cima para baixo é uma estratégia que funciona bem).

2. Use um grande saco de lixo e percorra a casa adicionando itens de descarte até enchê-lo. Faça isso uma vez por semana.

3. Cumpra o desafio 12-12-12: encontre 12 itens para jogar fora, 12 coisas para doar e 12 objetos para colocar de volta ao lugar original.

O método você já tem. Agora é só começar a testá-lo!

Desorganização: frases e pensamentos que inspiram novas atitudes

frases sobre desorganização
“Sempre parece impossível até que seja feito.” — Rachel Mueller-Lust

1. “A desordem nada mais é do que decisões adiadas.” — Barbara Hemphill

2. “Não tenha nada em casa que não saiba ser útil ou que acredite ser bonito.” — William Morris

3. “O caos não é o problema; o que importa é quanto tempo se leva para encontrar a coerência.” — Doc Childre e Bruce Cryer

4. “Não é o que você faz, mas o que você não faz — as coisas que você adia, não as coisas que você realiza — que te deixa cansado.” — Donna Otto

5. “Quanto mais disciplinado você se torna, mais fácil fica a vida.” — Steve Pavlina

6. “O tempo é a moeda da sua vida. É a única moeda que você tem e só você pode determinar como ela será gasta.” — Carl Sandburg

7. “Organizar-se é um sinal de respeito próprio.” — Gabrielle Bernstein

8. “Organização não é perfeição. Trata-se de eficiência. Redução do estresse e da desordem. Economia de tempo e dinheiro. E melhoria geral da qualidade de vida.” — Christina Scalise

9. “Sempre parece impossível até que seja feito.” — Rachel Mueller-Lust

10. “O pensamento é útil quando estimula a ação; e é obstáculo quando a substitui.” — Bill Raeder

11. “Daqui a um ano, você vai desejar ter começado hoje.” — Karen Lamb

12. “Um doloroso dever cumprido torna o próximo mais claro e mais fácil.” — Hellen Keller


13. “O começo é metade de todas as ações.” — Provérbio grego


14. “O ponto principal é, se você não usar ou precisar, é uma desordem. E precisa acabar.” — Charisse Ward

15. “Não diga que você não tem tempo suficiente. Você tem exatamente o mesmo número de horas por dia que foram dadas a Helen Keller, Pasteur, Michaelangelo, Madre Teresa, Leonardo da Vinci, Thomas Jefferson e Albert Einstein.” — H. Jackson Brown Jr.

16. “Comece onde você está. Use o que você tem. Faça o que você pode” — Arthur Ashe

17. “Você pode saber se uma pessoa está organizada verificando sua área de trabalho.” — Ali AlJa’bari

18. “Uma tarefa deixada por fazer fica pendente em dois lugares: no local em questão e dentro da sua cabeça. As tarefas incompletas na sua mente consomem a energia da sua atenção à medida que corroem a sua consciência.” — Brahma Kumaris

19. “A ordem externa contribui para a calma interior.” — Gretchen Rubin

20. “Uma forma de aumentar nossa força de vontade e foco é administrar nossas distrações em vez de deixar que elas nos controlem.” — Daniel Goleman

21. A desordem não é apenas uma coisa física. São ideias antigas, relacionamentos tóxicos e hábitos ruins. A desordem é tudo o que não oferece suporte ao seu eu melhor.” — Eleanor Brownn

22. “A vida é muito curta para você cuidar dos detalhes errados.” — Alexandra Stoddard

23. “Cada minuto que você gasta planejando, economiza 10 minutos na execução; isso dá a você um retorno de 1.000 por cento sobre a energia!” — Brian Tracy

24. “O segredo de ficar à frente é começar.” — Mark Twain

25. “O tempo é uma coisa criada. Dizer ‘não tenho tempo’ é dizer ‘não quero’.” — Lao Tzu

26. “Uma reorganização dramática da casa causa mudanças igualmente dramáticas no estilo de vida e na perspectiva. É a transformação da vida.” — Marie Kondo

27. “O inconsciente está pedindo à mente consciente para fazer um plano.” — Roy F. Baumeister

28. “Nossos objetivos só podem ser alcançados por meio de um plano, no qual devemos acreditar fervorosamente e sobre o qual devemos agir com vigor. Não há outro caminho para o sucesso.” — Pablo Picasso

29. “Livre-se da desordem e você descobrirá que ela estava bloqueando a porta que você estava procurando.” — Katrina Mayer

30. “Algumas pessoas procuram um lugar bonito. Outros tornam um lugar bonito.” — Hazrat Inavat Khan

31. “Nunca olhe para trás, a menos que esteja planejando seguir esse caminho.” — Henry David Thoreau

32. “Organizar-se nas rotinas normais da vida e terminar pequenos projetos que você iniciou é um primeiro passo importante para alcançar objetivos maiores. Se você não consegue controlar as coisas pequenas, como vai conseguir se concentrar nas coisas grandes?” — Joyce Meyer

33. “Para cada minuto gasto organizando, uma hora é ganha.” — Benjamin Franklin

34. “Nunca comece o dia antes de o terminar no papel.” — Jim Rohn

35. “Para a maioria de nós, o problema não é a falta de metas, mas a quantidade excessiva delas.” — Roy F. Baumeister

36. “Você nunca se organizará se não tiver uma visão para sua vida.” — Linda Eubanks

37. “Com a organização, vem o empoderamento.” — Lynda Peterson

38. “A chave não é priorizar o que está em sua programação, mas programar suas prioridades.” — Stephen Covey


39. “Mais tarde é o melhor amigo da desordem.” — Peter Walsh


40. “O problema de muitos planos é que eles se baseiam na maneira como as coisas estão agora. Para ter sucesso, seu plano pessoal deve se concentrar no que você quer, não no que você tem.” — Nido Qubein

Clínica de Psicologia Nodari
Especializada em Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC)
Atendimentos Particulares em Psicoterapia e Avaliação Neuropsicológica

Está localizada na Vila Mariana, São Paulo/SP
11 99725-4565

Comentários

Respostas de 2

  1. Minha filha é extremamente desencontradas e porca desde pequena e agora ela tem 18 anos, parece que as coisas pioraram, não nós conseguimos entender o que me deixa extremamente frustrada e impunente. Devo eu consultar um psicólogo para orientá-la?

    1. Olá, Filomena.

      Acredito que a terapia possa te ajudar a entender e te orientar como lidar com essa situação que sua filha está passando. Considere conversar com um psicólogo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clínica de Psicologia Nodari

Nosso blog tem como objetivo trazer textos dicas, ferramentas, informações, enfim, conteúdos que acreditamos que possam ajudar as pessoas a melhorar o seu bem-estar e qualidade de vida. Além de refletir a importância da psicoeducação no processo terapêutico.

Oferecemos atendimentos psicológicos em:

  • Psicoterapia - Terapia Cognitivo Comportamental (TCC) e
  • Avaliações Neuropsicológicas.
  • Outros Posts

    Sinais de ansiedade que não devem ser ignorados

    A ansiedade pode se apresentar de diferentes maneiras. Há pessoas que sofrem mais com seus efeitos psicológicos e há quem os somatize. Em qualquer caso, conhecer alguns sintomas da ansiedade ajudará a detectá-la e interromper seu progresso.

    plugins premium WordPress