Blog

Post

Técnicas da Terapia Cognitivo-Comportamental para ansiedade

Entenda as técnicas da Terapia Cognitivo-Comportamental para ansiedade

A Terapia Cognitivo-Comportamental para ansiedade é uma abordagem eficaz e amplamente reconhecida no tratamento de diversos transtornos de ansiedade.

Focada na identificação e modificação de padrões de pensamento negativos e comportamentos disfuncionais, a TCC – Terapia Cognitivo-Comportamental – oferece técnicas específicas para ajudar os pacientes a gerenciar seus medos de forma mais saudável.

Uma das principais vantagens da Terapia Cognitivo-Comportamental para ansiedade é sua natureza prática e orientada para resultados.

A TCC volta-se para o presente, ajudando os indivíduos a desenvolver estratégias concretas para lidar com os desafios atuais, como a reestruturação cognitiva, que substitui pensamentos irracionais por crenças mais equilibradas.

Além disso, a exposição gradual é uma técnica essencial na TCC para ansiedade, encorajando os pacientes a enfrentar situações temidas de forma controlada e progressiva.

Isso reduz a resposta de medo ao longo do tempo, enquanto o treinamento de habilidades sociais melhora as interações interpessoais e fortalece a rede de suporte.

A Terapia Cognitivo-Comportamental para ansiedade não só proporciona alívio dos sintomas, mas também capacita os pacientes com ferramentas duradouras para manter o bem-estar emocional.

Ao focar na modificação de padrões de pensamento e comportamento, a TCC oferece um caminho claro e estruturado para a recuperação e a manutenção da saúde mental.

Dentro da esfera da psicologia cognitiva comportamental, diferentes pessoas e escolas de pensamento desenvolveram técnicas para lidar com esses problemas e distúrbios.

Neste texto, veremos algumas dessas técnicas de eficácia comprovada.

Boa leitura!

técnica na TCC para a ansiedade - respiração diafragmática
Há várias técnicas usadas pela TCC para ansiedade e a respiração diafragmática é uma das mais eficazes. Aprenda como usar no nosso texto.

Respiração diafragmática: técnica fundamental na Terapia Cognitivo-Comportamental para ansiedade

A respiração diafragmática é a técnica de relaxamento mais utilizada na TCC para ansiedade.

Saber respirar da maneira correta traz muitos benefícios à nossa saúde física e psicológica.

Quando respiramos adequadamente, nosso sangue é oxigenado e purificado.

Respirar corretamente reduz significativamente nossos níveis de ansiedade e stress, nos faz sentirmos mais calmos e até mesmo a nossa energia aumenta, o que é uma grande vantagem principalmente quando praticamos algum esporte.

Como funciona?

Sente-se em uma cadeira ou deite-se em um lugar confortável onde possa manter uma postura ereta.

Coloca-se uma das mãos sobre abdômen e inicia-se uma respiração lenta e profunda.

Mantem-se por 4 segundos a inspiração do ar, sentindo o abdômen levantar.

Segure o ar por 2 segundos, ou o período em que se sinta mais confortável.

Depois expira-se lentamente em 4 segundos, expelindo o ar pela boca e sentindo como o abdômen abaixa, novamente segure o ar por 2 segundos, iniciando todo o processo.

O exercício deve ser repetido 2 ou 3 vezes ao dia.

Relaxamento Progressivo de Jacobson

A técnica de relaxamento progressivo de Jacobson, também conhecida como terapia de relaxamento progressivo, é muito utilizada no tratamento da ansiedade dentro da Terapia Cognitivo Comportamental para ansiedade.

Este tipo de técnica baseia-se em tensionar e relaxar cada um dos músculos do corpo, permitindo-nos compreender a diferença entre tensão e relaxamento.

Após o enrijecimento de cada músculo, experimentaremos uma agradável sensação de mantê-los relaxados.

É uma técnica realizada durante a terapia, porém pode ser feita em casa, desde que seja realizada corretamente.

Como funciona?

Senta-se de costas ou deita-se num local confortável, num ambiente com pouco ruído e luz.

Com os olhos fechados, nos desconectamos de qualquer tipo de pensamento ou preocupação que possa existir, e nos concentramos apenas nas sensações corporais.

Praticando a respiração diafragmática mencionada acima, começamos tensionando os pés, esticando-os e depois relaxando-os.

Repetimos o processo para as panturrilhas, coxas, barriga, mãos, peito, braços e por fim pescoço.

A técnica deve ser repetida 3 vezes para cada parte do corpo.

A contração deve acontecer por volta de 10 segundos, e o relaxamento por 15 segundos.

Enquanto relaxamos, devemos ter em mente situações relaxantes e agradáveis.

A exposição - técnica usada pela Terapia Cognitivo-Comportamental para ansiedade
Uma das vantagens da Terapia Cognitivo-Comportamental para ansiedade é a maneira prática que lida com as situações para ajudar a pessoa a conseguir superar os desafios.

Terapia de Dessensibilização Sistemática

A técnica de dessensibilização sistemática propõe enfrentar uma situação estressante de forma consciente, revivendo aquilo que sentimos quando estamos frente ao motivo causador da ansiedade.

Neste processo, o relaxamento produzirá um efeito tranquilizante e o tempo nos ajudará a desenvolver ferramentas para construirmos uma nova perspectiva, o que irá reduzir a sensação de ansiedade.

Como funciona?

A primeira coisa nessa técnica é fazer uma lista de fobias, ou seja situações, pessoas ou coisas que são temidas e podem estar causando a ansiedade.

Tais situações vão variar na intensidade do medo, como por exemplo: ter medo de um animal, medo de buracos, medo de dirigir, falar com um desconhecido na rua, ou mais complexa, como falar em frente ao público ou medo de sair de casa.

Em seguida, assume-se uma posição relaxada, fecha-se os olhos e começa-se a imaginar a primeira situação temida, no caso, a de menor intensidade.

Aqui é importante imaginar toda a cena, com quem estaria falando, o que estariam dizendo e em que lugar estaria da forma mais vívida possível.

Quando começamos a nos sentir ansiosos, é o momento de realizar a respiração diafragmática, observando como os níveis de ansiedade serão reduzidos.

Depois de ter trabalhado com essa primeira situação e de ter conseguido reduzir os níveis de ansiedade, continua-se com a próxima.

É preciso repetir a técnica o tanto quanto for necessário. Muda-se as situações até o momento em que se sinta total controle sobre aquilo com o que estamos lidando.

Terapia da exposição

Esta é a técnica é usada na TCC para ansiedade quando a pessoa está praticamente pronta para começar a enfrentar aquilo que teme.

Certamente você já ouviu falar que a melhor maneira de superar nossos medos é enfrentá-los.

E algo semelhante é feito na terapia de exposição, porém de forma planejada e segura.

Assim, nos aproximamos das situações que geram ansiedade até nos acostumarmos a elas, passando a nos sentir cada vez mais seguros.

Ela é geralmente usada em patologias onde há ansiedade ou medo de que algo aconteça.

Alguns exemplos de situações temidas em que a terapia de exposição se encaixa são usar o ônibus ou metrô, falar em público, receber críticas, tirar sangue, etc.

A exposição também pode se concentrar em estímulos internos que provocam ansiedade ou outras emoções negativas. P

Por exemplo: medo de sentir ansiedade, desmaiar, ter preocupações ou adoecer.

A maioria desses medos é irracional e geralmente não corresponde ao perigo real que a situação teria se acontecesse. Além disso, afetam o dia a dia da pessoa.

Como funciona?

A exposição é realizada gradualmente, com base na lista que já fizemos de situações em que ocorre mais ou menos ansiedade.

A velocidade de abordagem pode variar muito de acordo com a capacidade do paciente de lidar com aquilo que é temido.

As técnicas de exposição podem ser aplicadas de maneiras muito diferentes, tanto ao vivo quanto na imaginação, e é até mesmo possível aproveitar as possibilidades tecnológicas para aplicar a exposição através da realidade virtual.

Quando a pessoa enfrenta ao vivo seus medos, é aconselhada a realizar exercícios respiratórios, como respiração diafragmática, para que se sinta mais confortável.

Na TCC para ansiedade anotar as emoções ajudam a entender a situação.
O automonitoramento, uma prática comum na Terapia Cognitivo-Comportamental para ansiedade, ajuda a identificar sentimentos e emoções que a desencadeiam, enquanto a respiração diafragmática promove o relaxamento.

Perguntas mais frequentes sobre a TCC para a ansiedade

Quais são os exercícios mais eficazes na TCC para ansiedade?

Exercícios como automonitoramento das preocupações e a respiração diafragmática podem ajudar significativamente.

O automonitoramento auxilia no reconhecimento dos sentimentos e emoções que causam ansiedade, enquanto a respiração diafragmática promove relaxamento.

Qual a abordagem da Terapia Cognitivo-Comportamental para ansiedade?

A TCC aborda a ansiedade identificando e modificando pensamentos disfuncionais que contribuem para o estresse.

Técnicas estruturadas e práticas são usadas para promover mudanças de comportamento e cognição.

Qual é o impacto das técnicas de respiração da TCC nos transtornos de ansiedade?

As técnicas de respiração, como a respiração diafragmática, são fundamentais na TCC para ansiedade.

Elas ajudam a regular a resposta fisiológica do corpo ao estresse, promovendo um estado de calma e reduzindo os sintomas de ansiedade.

De que forma a reestruturação cognitiva é utilizada para gerenciar a ansiedade?

A reestruturação cognitiva é utilizada para desafiar e modificar pensamentos negativos e irracionais.

Essa técnica ajuda os pacientes a desenvolver padrões de pensamento mais realistas e positivos, reduzindo a ansiedade.

Quais são as etapas básicas da Terapia Cognitivo-Comportamental para ansiedade?

As etapas básicas incluem identificação das situações que causam ansiedade, desenvolvimento de estratégias de enfrentamento, e implementação de técnicas como o treinamento de relaxamento e a reestruturação cognitiva.

Como os métodos de exposição são aplicados no tratamento na TCC para ansiedade?

Os métodos de exposição envolvem a gradual introdução do paciente a situações temidas. Isso permite que se habitue a elas.

Essa técnica é eficaz para diminuir a resposta de ansiedade ao longo do tempo.


Este artigo é meramente informativo. Caso você esteja passando por algum distúrbio causado pela ansiedade, agende uma consulta com um profissional.

Clínica de Psicologia Nodari
Especializada em Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC)
Atendimentos Particulares em Psicoterapia e Avaliação Neuropsicológica

Está localizada na Vila Mariana, São Paulo/SP
11 99725-4565

Comentários

Respostas de 3

    1. Oi, Emiliana!
      Obrigada por compartilhar seu comentário.
      Que bom que o texto foi útil para você!
      Sinta-se sempre muito bem-vinda aqui no blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clínica de Psicologia Nodari

Nosso blog tem como objetivo trazer textos dicas, ferramentas, informações, enfim, conteúdos que acreditamos que possam ajudar as pessoas a melhorar o seu bem-estar e qualidade de vida. Além de refletir a importância da psicoeducação no processo terapêutico.

Oferecemos atendimentos psicológicos em:

  • Psicoterapia - Terapia Cognitivo Comportamental (TCC) e
  • Avaliações Neuropsicológicas.
  • Outros Posts

    Tripofobia: o “medo de buracos”

    O que é tripofobia? Quais suas causas? Sintomas? Gatilhos? Há um teste para detectar a fobia? Descubra, neste texto, tudo sobre o curioso “medo de buracos”.

    plugins premium WordPress